domingo, 12 de fevereiro de 2012

Prefácio. É muito importante ler.

Da obra divinamente inspirada, O Desafio de Amar, de Stephen & Alex Kendrick







 Prefácio
»
Receba este livro como um alerta. Esta jornada de quarenta dias não pode ser encarada superficialmente.
Ela é um desafio e, na maioria das vezes, um processo difícil, mas incrivelmente recompensador. Aceitar esse desafio exige uma mente determinada e decisões firmes.
O seu propósito não é o de ser experimentado ou testado por pouco tempo, e aqueles que desistirem cedo, perderão os maiores benefícios. Se você se comprometer com um dia de cada vez em um período de quarenta dias, os resultados poderão mudar a sua vida e o seu casamento.
Considere este livro um desafio vindo de quem já o aceitou antes de vo.
                                                                       »

As ESCRITURAS DIZEM que Deus projetou e criou o casamento para ser algo bom. Ele é um presente lindo e inestimável. Deus usa o casamento para nos ajudar a acabar com a solidão, multiplicar nossa eficiência, construir famílias, criar filhos, curtir a vida e nos abençoar com o relacionamento íntimo. Mas além disso, o casamento também nos mostra a necessidade de crescer e de lidar com nossas próprias dificuldades e com o egocentrismo, através da ajuda de um companheiro para toda a vida. Se somos "ensináveis", iremos aprender a fazer aquilo que é mais importante no casamento - amar. Esta poderosa união lhe mostra o caminho para amar incondicionalmente outra pessoa imperfeita. Isto é maravilhoso. É difícil. É uma mudança de vida.
Este livro é sobre o amor, sobre a aprendizagem e sobre o desafio de viver um relacionamento amoroso. E essa jornada se inicia com a pessoa que está mais próxima de você: seu cônjuge. 


Que Deus lhe abençoe nesta aventura. 


Mas esteja certo de uma coisa: você precisará de coragem. Ao aceitar esse desafio, você precisa ter a consciência de que ao invés de seguir o coração, terá que governá-lo. O mundo diz para seguir o coração, mas se você não estiver governando o seu, então alguém ou alguma outra coisa estará. A bíblia diz que "enganoso é o coração, mais do que todas as coisas" (Jeremias 17:9), e ele sempre perseguirá aquilo que parece certo no momento.

Nós desafiamos você a pensar de maneira diferente - escolher direcionar o seu coração para aquilo que será melhor ao longo do caminho. esta é a chave para relacionamentos permanentes e recompensadores.
A jornada de o desafio de amar não é um processo para tentar fazer do seu cônjuge a pessoa que você quer que ele seja. Com certeza você já descobriu que o esforço em tentar mudar seu marido ou sua esposa acabou em fracasso e frustração. Pelo contrário, esta é uma jornada de exploração e demonstração genuína de amor, mesmo quando o seu desejo acaba e quando as suas motivações estão enfraquecidas. A verdade é que o amor é uma decisão e não apenas um sentimento. Ele não busca os seus próprios interesses, é sofredor e transformador. E quando o amor é demonstrado verdadeiramente, como foi planejado para ser, o seu relacionamento tem grandes chances de mudar para melhor.
Em cada dia dessa jornada estão incluídos três elementos muito importantes:
Primeiro, um aspecto único do amor será discutido. Leia cada um desses aspectos cuidadosamente e esteja aberto a um novo entendimento do que significa amar alguém verdadeiramente.
Segundo, você terá um desafio específico para fazer com o seu cônjuge. Alguns serão fáceis e outros bem desafiadores. Mas leve cada desafio a sério e seja criativo e corajoso o suficiente para realizá-lo. Não desista se situações externas lhe impedirem de completar um desafio específico. Apenas faça-o o mais rápido possível e prossiga na jornada.
Por último, você terá um espaço para anotar o que está aprendendo, fazendo e como o seu cônjuge está reagindo.
É importante que você aproveite este espaço para registrar o que está acontecendo com você e seu cônjuge ao longo do caminho. O seu progresso estará registrado nessas anotações que provavelmente se tornarão inestimáveis para você no futuro.
Lembre-se, você tem a responsabilidade de proteger e guiar o seu coração. Não desista e não fique desencorajado. Decida dirigi-lo e agir assim até o final. Aprender a amar verdadeiramente é uma das coisas mais importantes que você fará.


AGORA, POIS, PERMANECEM A ,
A ESPERANÇA E O AMOR, ESTES TRÊS;
MAS O MAIOR DESTES É O AMOR
1 Coríntios 13: 13

»

AINDA QUE EU FALASSE AS LÍNGUAS DOS
HOMENS E DOS ANJOS, E NÃO TIVESSE
AMOR, SERIA COMO O METAL QUE SOA
OU COMO O CÍMBALO QUE RETINE.
E AINDA QUE TIVESSE O DOM DE
PROFECIA, E CONHECESSE TODOS OS
MISTÉRIOS E TODA A CIÊNCIA, E AINDA
QUE TIVESSE TODA FÉ, DE MANEIRA TAL
QUE TRANSPORTASSE OS MONTES,
E NÃO TIVESSE AMOR, NADA SERIA.
E AINDA QUE DISTRIBUÍSSE TODOS OS
MEUS BENS PARA SUSTENTO DOS POBRES,
E AINDA QUE ENTREGASSE O MEU CORPO
PARA SER QUEIMADO, E NÃO TIVESSE AMOR,
NADA DISSO ME APROVEITARIA.


1 Coríntios 13.1-3

13 comentários:

  1. Governar o meu coração.......não tentar fazer com que o meu marido seja uma pessoa que eu quero que ele seja.....vai ser difícil, mas vou tentar.

    ResponderExcluir
  2. Bom, pela terceira vez só nessa semana vou tentar fazer o desafio.
    Já tinha tentando outras vezes e sempre sem sucesso no máximo que cheguei se não me engano foi no décimo quinto dia.
    Então resolvi procurar um blog, pois eu poder saber das dificuldades de outras pessoas e como elas estavam lidando com isso. Mas como sou muito anciosa, resolvi ir lendo os comentários dos próximos dias, e vi que os comentários iam sumindo até não ter nenhum lá pelo décimo dia.
    Estou com medo de não conseguir outra vez, como já falei, já yentei outras vezes. Mas comecout a melhorar ai parei de ler o livro, me afastei de Deus (pq não sei vcs, mas eu só me apego realmente quando a coisa aperta) e quando menos eu espero piora outra vez.
    Mas dessa vez, a coisa ta feia, não vejo mais luz no fim do túnel, só por um milagre mesmo.
    Então. , vou começar hoje de maneira diferente, esctevi uma carta falando tudo que eu não gostava, oque esta me magoando. Brigamos mais cedo pois agora naot larga do celular dele, hoje por exemplo uma guria da sala dele ligou pra ele foi todo simpático. Eles estavam de papo pelo whatsapp e não sei oq aconteceu q ela resolveu ligar pra ele pra terminar brincadeirinha pelo fone. Problema não é ele ter amigas, e sim me ver como inimiga. Ele não fala cmg, hj ele falou q vai começar dormir no outro quarto, já não temos nada faz quase dois meses, brigamos tempo todo, nos ofendemos tempo todo também.
    Temos um filho de um ano, e é por ele q vou tentar.
    Sei q não vai ser fácil e não sei se vou conseguir.
    "A espera de um milagre eu estou"

    ResponderExcluir
  3. Ouvi falar desse livro, comecei a procurar saber mais sobre esse desafio. Apenas por curiosidade mesmo,porém hoje meu casamento está por um fio. Tenho 4 meses de casada eu e meu marido vivemos em um meio que a traição é normal nos relacionamentos. Acontece que eu não quero que minha vida seja como a dos meus amigos. A final eu só tenho 22 anos e quero um casamento p vida toda. Meu esposo sempre me transmitiu confiança, mas nesse ultimo mes, senti q algo estava mudando e descobri que ele esta iniciando um relacionamento c outra pessoa. Vou tentar salvas as coisas aqui. Vamos ver o q acontece. Só sei q preciso de ajuda!

    ResponderExcluir
  4. Vou começar hj. Só que estamos separados fas quase dois meses. Será que vai dá certo?
    Temos um filho de um ano e isso faz com que eu tenha contato com ele quase todos os dias, e ainda por cima moramos um na frente da casa do outro.

    ResponderExcluir
  5. Então... Vou começar a fazer o desafio mais uma vez hj.. É, mais uma vez.. Pq já tentei várias vezes. Só aqui no blog já deve ter vários comentários meus.. Mas acabo desistindo. Estamos separados faz seis meses.. Mas não consigo esquecer ele. Amo tanto ele. Temos um filho e isso faz com q eu tenha contato com ele. Uns dias bons outros péssimos. Vou tentar mais uma vez.. Espero ter sucesso.

    ResponderExcluir
  6. Começando! Na fé sempre e tentando aprender a amar de verdade.
    T.S.R.

    ResponderExcluir
  7. Muito triste um relacionamento de brigas e ofensas quando temos pequeninos envolvidos. Sempre fui contra discutir na frente dos filhos, nosso relacionamento como casal não vai bem, mas nosso relacionamento com nossos filhos nunca deve ser abalado. Vale a pena lutar pelo amor, por mais que seja difícil, o testemunho e as testemunhas de nossa vida, salvar e melhorar o que já se conhece me parece melhor que se aventurar no desconhecido e começar de novo, pois para os nossos pequeninos nada acaba e recomeça do zero, os sentimentos se misturam e tudo se liga numa continuidade confusa e insegura. (Observei que muitos comentários citam filhos pequenos). Peço que todos que estejam neste blog tentem seguir os passos até o fim com coragem, persistência e paciência, o resultado é maravilhoso.

    ResponderExcluir
  8. Comecei ontem.
    Estou extremamente magoada com o meu namorido, mas estou seguindo.
    Ontem tudo o que eu ia fazer era reclamar.
    Mas resolvi seguir o desafio.
    E por incrível que pareça, me senti muito bem em não reclamar e sim conversar.
    Conversamos bem no wattsap e olha que isso era difícil.

    ResponderExcluir
  9. Hoje irei começar novamente o desafio, pois estou precisando muito de paciência sou impaciente com meu marido isso me faz muito mal tenho fé em Deus que irei mudar ...

    ResponderExcluir
  10. Começando novamente!

    T.S.R.

    ResponderExcluir